Ceviche é sentimento: conheça a história do tradicional prato peruano

PRA COMER ·

Quando se pensa em culinária peruana o primeiro prato que vem à cabeça é o ceviche. Não vou negar: minha ansiedade para cair de boca nesse tradicional prato era imensa desde quando comprei minha passagem pra lá. Criado há mais de 4 mil anos pelos povos do norte do Peru, o ceviche é considerado Patrimônio Cultural e motivo de orgulho para o país – inclusive existe uma data (28 de junho) em que se comemora o Dia Internacional do Ceviche. Não tem jeito, pensar no Peru é pensar em comer ceviche.

O prato é uma iguaria andina que consiste em: peixe branco de água salgada cru marinado em suco cítrico (geralmente usa-se suco de limão), com cebola e pimenta, acompanhados de abacate, milho ou chips de batata. Apesar da receita ter se aperfeiçoado com o tempo, ganhando inclusive inúmeras variações, a preparação do prato é basicamente essa. Nos primórdios, o peixe era preparado com suco de tombo ou curuba, fruto parecido com o maracujá. Depois, no período pré-colombiano, entrou em cena a pimenta, e o limão só passou a ser utilizado na receita mais tarde, com a chegada dos espanhóis.

Experimentar o ceviche em um restaurante tradicional vira parte obrigatória do roteiro turístico. Alguns restaurantes são tão famosos que, mesmo com preços mais elevados, precisam ser reservados com bastante antecedência. Em Lima, há pelo menos 2 mil restaurantes especializados e, por pura sorte (ou intervenção divina de Pachamama), nas minhas andanças por Lima, dei de cara com um restaurante pequeno, muvucado, barato e onde eu comi o melhor ceviche de toda a viagem. Estou falando do El Ceviche de Ronald.

cozinhaperu_interna

O esquema é de fast-food: pague e pegue. O espaço é pequeno, com pouquíssimas mesas e cadeiras espalhadas em balcões, mas realmente o sabor do ceviche de lá não tem comparação. O prato é bem barato, principalmente quando comparado aos restaurantes tradicionais – e você ainda pode pedir um combo, que é o ceviche acompanhado de um copo de chicha morada, refresco tipicamente peruano feito com milho roxo (juro que é gostoso!).

Por aqui, mato a saudade de um bom ceviche no Lima Cocina Peruana e ainda aproveito para curtir a trilha sonora feita pela Radio Ibiza. Bom pro estômago, pros ouvidos e pro coração.

carregando